domingo, 17 de julho de 2011

Passagem só de ida.

Essa foto é da Camilla Chevitarese e eu achei linda!

Está decidido.

Em 10 minutos vou levantar da minha cama e tomar um bom banho. Ainda com os cabelos molhados e com uma roupa bem fresca vou caçar minha mala e jogar nela tudo que eu preciso: Biquínis, roupas leves, meu maior casaco, toalhas, protetor solar, coisas básicas de higiene pessoal, uns dois livros e meus bichinhos de pelúcia (sim, tenho 4: Ferdinando, Frigs, Nutsy e Xim). Documentos, dinheiro e comida eu levo na bolsa.

Não deve demorar muito pra fazer isso e logo estarei pegando a saída de Brasília, rumo ao litoral. Qual estado ? Qual cidade ? A que eu conseguir chegar primeiro. O importante é que eu quero brisa, ondas, pele morena e cochilos na rede. Estou morrendo de saudade e mal posso acreditar que logo vou mergulhar no mar, catar conchinhas e subir em pedras no meio da água. Ah, e ouvir aquele barulho maravilhoso e indescritível que só uma praia faz, aquele que eu finjo que a minha grande concha imita.

E à noite vou caçar algum lual pra ir. Ver a lua cheia, linda do jeito que está, iluminando a praia toda. Me divertir muito com meus amigos - que vão comigo, é claro - é o que eu mais quero! Aproveitar que não sabemos quando vamos fazer isso de novo. Aliás, coitados. Já devem estar me esperando. Mas eu precisava vir aqui compartilhar minha felicidade, eles que me perdoem. Certo, vou indo então. Curtir o que a vida tem de melhor pra oferecer!


Yeah, right, como se fosse verdade. Como se eu não tivesse uma prova dificílima amanhã de manhã me esperando. Mas é sempre bom sonhar... quem sabe um dia eu coloco em prática.

Ps: Desculpe-me quem achou que era verdade! Hehehehe