domingo, 22 de fevereiro de 2009

eu me sinto... feliz, completa, despreocupada e tranquila quando olho além da janela
todo o céu está azul e não consigo me distinguir dele
vou, me entrego, planando sem sentido em direção a parte mais azul de mim mesma
não respondo. nem sequer pergunto. voar me basta
o vento acariciando meu rosto e os raios de sol pinicando minha pele... é a sensação mais gostosa que eu já experimentei
subo sem pressa, olho ao meu redor com interesse
alguns pássaros, nenhum inseto. hoje não é dia de aviões
hoje é meu dia. esse é o meu azul
não sei se alguém me percebe aqui em cima mas nem faço questão de saber
estou em paz. comigo e com o céu
não temo a volta pois sei que ele vai estar comigo
somos eu, ele e a certeza de que existe um nós
então eu percebo que não preciso procurar a parte mais azul
pois o azul sou eu e eu sou toda azul (L)