segunda-feira, 27 de julho de 2009

outro dia eu estava à toa (não me lembro onde) e escutei uma frase assim:
"um corajoso é só uma pessoa que sabe esconder bem o seu medo".
curioso, né ? porque se pararmos para pensar, é isso mesmo, já que todo mundo sente medo, tem receios.
e não adianta dizer que não; é claro que já teve algum dia.
medo de sombras, do escuro, de espelho e de palhaços. receio de a mãe descobrir, de não passar de ano, de levar um fora.
o medo é inerente ao ser humano.
faz parte de nós temer o que não conhecemos e evitar enfrentar situações que nos deixam desconfortáveis e/ou tiram nossa confiança, claro.
é totalmente compreensível manter uma luz acesa no final do corredor ou colocar grades nas janelas da casa. mas deixa de ser racional quando nossos medos começam a interferir na nossa vida.
é aí que entra a coragem; a briga com o medo pra ver o que vale mais: a vida normal ou a restritamente controlada e rotineira.
meu conselho é: seja corajoso(a)! vale muito a pena.
mesmo que ache fácil falar e difícil fazer... lembre que é essencial.
inclusive, tem uma uma música da Julieta Venegas em parceria com o Lenine que se chama 'miedo' que diz: "o medo é como um laço que se aperta em nós".
será ? talvez...
e você, o que acha ? quais seus medos ?
;*

ps; a fic que eu tinha começado aqui continua no blog de ficções (que só mudou de nome; agora é: http://passeiosameia-noite.blogspot.com/ ) e tem um capítulo novo! pra quem acompanha, espero que goste. (: