sábado, 9 de maio de 2009

eu uso meu celular como despertador... e ele está tocando. começo a tatear no escuro à procura de um infeliz objeto vibrante e barulhento. abro, nem vejo, fecho.
ah, o silêncio. certo, cadê o sol pra ajudar a enxergar um palmo em frente ao meu nariz ?! anh, claro... não tem sol às 5h da manhã, anta. vejamos, vejamos, vejamos... OMG, vejamos mais coisa nenhuma que eu fiquei cega!! (juliana teve a infelicidade de acender a luz). [...]
"pega tudo que você pensar que pode ser útil." okay.
caneta tinteiro, pena, abridor de garrafa, prova gabaritada, dinheiro estrangeiro, moeda velha, nota de um real, cabide, bicho de pelúcia, chaveiro, esqueiro, cd, vhs... "o que você acha de um livro de auto-ajuda ou... ou... uma fita colorida?" "não viaja, bru"; "já sei ! já sei ! vamo levar uma fôrma de gelo?" "bruna, quieta." [...]
"será possível que ninguém que mora na 34 está acordado às 6:30 de uma manhã de sábado pra arranjar um cano pra gente?" [.]

organizações, muitos gritos, vários berros, cantorias, xingamentos e animações depois, teve término a 1ª fase da gincana.
o que eu tiro disso? "VAI TAKERIZE, VAI-VAI TAKERIZE"
nunca tinha dado tanto suor e voz pra uma equipe de gincana mas foi um ótimo momento, uma manhã maravilhosa e estressante, que vai ficar na memória porque "TAKERIZE tem aquilo que você não pode dar".
se Deus quiser, vamos arrasar na final. torçam por mim ? (yn)

ps: tentei fazer uma coisa engraçadinha... me perdoem se eu não tenho o dom da comédia ^^"